Coffee Drops

📮 Uma carta de (r)evolução

As primeiras linhas são sempre as mais difíceis...

Bem... você esperava o quê?
Afinal, organizar as palavras para que tenham algum sentido é bem desafiador...
Às vezes mal me compreendo também.

Talvez eu goste disso...
Desafios...

Porém ando um tanto cansada disso...
Mas é como um vício sabe?
Sempre acabo voltando...

Por alguns instantes penso que já deu.

Mudar de caminho, de pensamentos, reerguer (infinitas vezes) e tantas outras reinvenções é completamente exaustivo e a única pergunta que fica é até quando?

Ah não...
Meu café esfriou novamente :(

Não saberia te responder.
Aliás, eu não sei me responder.

Hei...
Vem cá...
Fique aqui em pé e olha ali no espelho...
E me diga o que você consegue enxergar além da aparência que agradam a tantos?
Menos a você...

Exato!
Você também não saberia responder...

Uma coisa é certa, chegou a hora de quebrar essas repetições...
São tóxicas e você sabe muito bem disso (mas é como um vício não é mesmo? você sempre volta...), pôr tudo para fora e deixar que você reapareça... ou até mesmo se reconheça!

Meu amor, nem sempre é tão fácil, mas este é o momento certo.
Perdoe-se...
O que antes aconteceu, foi tudo tão necessário para que você conhecesse quem de fato você é e também para que você soubesse o que é o certo ou o errado.
Estes inúmeros e velhos hábitos existem para doer e aprender.

Está tudo bem.
Sempre esteve, você só não conseguia perceber.

Agora, aquela dificuldade das primeiras linhas parecem tão distantes.
Misturadas? talvez...
Mas não tão confusas ao ponto de não serem compreendidas.

Olha... está tudo bem!

Aqui...
Um café, agora quente...
Pegue seu caderno
E escreva
Só escreva
Não tem problema
Está tudo bem
Você está segura
Só pule!
Pois agora estamos abrindo mão dos velhos hábitos e chamaremos de um novo começo!

Você meu amor, merece!

Precisa!

Já esta pronta para isso!

Mesmo com medo... salte!

Menina do espelho... eu amo você.

Mulher fora do espelho... eu me amo!


Email me & Follow blog

#Crônicas

- 0 toasts